domingo, 15 de agosto de 2010

Domingo.

Via um céu cinzento de mais uma manhã de domingo.
Folhas passavam pra lá e pra cá. O vento gelado batia sutil como concreto em sua face.
Mas ele gostava. Sentia prazer e conforto imensuráveis apenas de estar deitado na grama coberta de orvalho, numa manhã cinzenta e gelada de domingo.
O vento o fazia lembrar de quão frio e quão aconchegante era estar em presença dele. Os assovios eram parecidos, o gelado lembrava cada timbre da voz. Cada folha que passava, que ficava presa em seu cabelo, que tocava seus braços ou, simplesmente passava, o fazia recordar de cada singelo momento em que passou com ele. Cada pequeno momento, de segundos que se tornavam eras, de palavras pequenas com efeitos devastadores que aguardava cada noite para ouvir, passavam pela cabeça dele como um filme.
O levava no peito, o levava na mente.
Imaginava o futuro. Apenas imaginava. O imaginar pertencia a ele, pois este foi o único fragmento que sobrara do todo corrompido daquele garoto.
O passar de mãos e o maltrato intenso o deixaram num estado de desacreditar, num estado indiferente. Ele mais nada queria, almejava ou acreditava. Ele apenas esperava pelo momento em que a paz chegaria e o levasse ao adiante.
Porém, a imagem daquele garoto o fazia sentir o verde do que era ter esperança. E por ele continuaria.
Do canto de um dos olhos cai. E se mistura ao orvalho na grama.
E adormece, sob o céu azul de mais uma manhã de domingo.

3 comentários:

garoto cientista disse...

Olá, é um prazer estar aqui novamente. Gostaria de deixar aqui um pedido, inscrevi o ternuraeintimidade no concurso blogbooks na categoria sexo (sexualidade), quem sabe ele vira livro! Para isso gostaria muito de sua ajuda votando em meu blog, basta ir para este link
http://www.blogbooks.com.br/blogs/votando/YmxvZ2Jvb2tzXzcwNQ==
ou diretamente no meu blog, no selo localizado no canto superior direito, pode votar quantas vezes quiser, o garoto cientista fica muito grato!

jefhcardoso disse...

Se uma manhã de domingo lhe trás tantas imagens e pensamentos acho que deve mesmo é continuar escrevendo, escrevendo...
Parabéns!

http://jefhcardoso.blogspot.com

Anônimo disse...

Hoje eu estou sentindo solidão...

A verdadeira solidão, aquela que mesmo com milhares de pessoas ao seu redor lhe dando atenção, você só sente solidão...

Aquela
solidão dolorosa que não passa, por mais que você beba, fume, saia com
os amigos, faça o que for a única vontade é de ficar sozinho pensando...

É
difícil lidar com esse sentimento, mas a gente aprende... Aprende a ter
paciência, que como tudo na vida, solidão também passa...

._. -> Guarde isso com você <-